Ausência de Testemunha leva ação contra o prefeito, a nova Audiência


Em audiência marcada para essa segunda-feira 21/01, contra o prefeito de Natividade Marcos Antônio da Silva Toledo, pela primeira vez depois da eleição, estiveram frente a frente os dois candidatos que disputaram o cargo de prefeito em Natividade.

A ação, questiona a participação de servidores municipais e cargos comissionados em campanha, e é gerada por conduta vedada a agente público Lei 9504/97 Artº 73. Nessa primeira audiência de instrução com testemunhas na Ação de Investigação Judicial Eleitoral, praticado pelos candidatos a prefeito de Natividade, Marcos Antônio da Silva Toledo,  e o vice Wellinton Nascif, nas eleições de 2012, apenas uma das testemunhas pode ser ouvida.

Em audiência, a Juíza eleitoral Fabíola Costalonga e o promotor de justiça Waldomiro Trocillo Junior ouviram a testemunha que indagado pelos advogados de acusação e defesa, confirmou a participação de servidores no evento na ocasião da visita do governador ao município em praça publica.

Segundo informações, em virtude do período de férias uma das testemunhas não foi notificado da audiência por está fora do município, levando assim a Juíza a conduzir o processo a nova audiência.

Em caso de comprovação das denúncias, é pedido na ação, CASSAÇÃO DE DIPLOMA – PEDIDO DE CASSAÇÃO DE REGISTRO – PEDIDO DE DECLARAÇÃO DE INELEGIBILIDADE POR 08 ANOS.

Os  Investigantes e Investigados foram intimados para nova audiência que acontecerá em Fevereiro, no próprio prédio.

conexaonoroeste