POLÍTICA: Saiba o que aconteceu na reunião ordinária da Câmara do dia 9 de abril

Nesta terça-feira(09abril2013), aconteceu mais uma reunião ordinária da Câmara de vereadores de Natividade, reunião esta presidida pelo mais jovem vereador eleito de Natividade, Bernardo de Pinho, que está como vice-presidente da casa, que apesar da juventude, conduziu a reunião com muita  firmeza e seriedade, mostrando assim que o jovem também pode e deve ter seu espaço na política.
Vejam o que de mais importante foi discutido nesta reunião:

O vereador Severiano pediu ofício para o setor de fiscalização da Prefeitura para que se fizesse uma planejamento de fiscalização dos ambulantes que  vem de outros lugares para cidade vender seus produtos, sem ter nenhum ônus, assim prejudicando o comercio local, que paga seus tributos. 
Pediu ofício parabenizando a Polícia Militar pelo trabalho rápido e eficaz no assalto a loteria de Natividade, pois conseguiram prender e recuperar o produto de furto no mesmo dia do ocorrido.

O vereador Rogério Dentista pediu reintegração ao Secretário de Obra, pedindo a solução do esgoto a  céu aberto no bairro Balneário. Disse ainda que aquela situação é uma situação de saúde pública e não pode ter o descaso que esta tendo, porque os moradores sofrem com esse desrespeito do Poder Executivo. 

Em outra fala o vereador  expõem  a situação das pessoas que estavam contratadas pelo Município, através do Hospital de Natividade, para trabalharem nos PFS da cidade. Disse que a transição da entrada dos concursados com a saída dos que já estavam trabalhando, está sendo traumática para a população, com isso instalou se um caos nos PSFs , porque os novos não receberam treinamento adequado para estarem prestando esse serviço a comunidade.

A vereadora Ivete falou que os bens do Prefeito Marco Antonio da Silva Toledo, de Dalvo Alves Baião, de José Petrônio Resende Sanches e de Arizete Ferreira da Silva foram bloqueados pela Justiça por causa do processo nº 0000284-44.2013.8.19.0035, que constatou-se a existência de grande quantidade de medicamentos vencidos no prédio da Defesa Civil, mais de meia tonelada, onde a Juiza Drª Fabíola Costa Longa condenou liminarmente (condenação antecipada, quando há provas suficientes no processo), por prática de atos de improbidade administrativa, a reparação integral do dano, equivalente ao prejuízo dos medicamentos vencidos. E enfatizou que este ato não aconteceu na gestão do irmão dela, o Chico da Saúde, a frente da Secretaria Municipal de Saúde como havia sido vinculado na época.

A vereadora solicitou cópias dos convênios 782  e 884 de serviços de pavimentação  de ruas no município de Natividade de que somam o montante de R$ 1.884.100,00. Pediu também a cópia do convênio  728 de serviços de pavimentação e galerias pluviais  no Município que soma o montante de R$ 1.154.400,00, pediu a copia do memorial descritivo do processo licitatórios, contrato social das empresas participantes, e valores pagos. Ainda neste tema de licitação requereu informação a Secretaria Municipal de Administração sobre a licitação nº 059 de dezembro de 2012, que sede o Direito a empresa Veloz prestar serviços  na área de Coleta Seletiva de Lixo no município de  Natividade, no valor de R$ 396.000,00. Pois nos atos de Executivo publicado no Jornal Itaperunense não especifica como esse valor é pago. Com isso ela pediu o memorial descritivo do contrato e o contrato do referido processo.

A vereadora  falou que a então Juíza de Natividade, Drª Fabíola Costa Longa, determinou que se fizesse concurso público em Natividade no prazo de 180 dias a partir de 12 do março de 2013, que esta iniciativa de se fazer o concurso público não partiu da Administração Municipal, mas sim de uma ação impetrada pela própria juíza .

Finalizando a vereadora pediu ofício para o Secretário de Obras que se fizesse uma reforma no Anfiteatro, no Colégio Municipal Alvorada, pois nosso município como todos sabem é um seleiro de artista e lá funciona a Escola de Artes do Ponto de Cultura.

O vereador Bernardo de Pinho entregou ao vereadores o  abaixo assinado da Comunidade de Querendo pedindo a volta da antiga fisioterapeuta que a cinco anos vem tratando da comunidade, abaixo assinado este que será enviado através de ofício ao Prefeito.

Falou sobre  o descaso da Empresa Veloz ao responder os ofícios da Casa, porque na primeira fez que ele pediu o contrato da Empresa com o Município o contrato foi entregue sem o valor do serviço prestado. E desta vez foi entregue a relação de todos os veículos usados pela empresa com descrição e ate placa, mas não veio o valor especificado de pagamento por cada veículo agregado.

Finalizando o vereador agradeceu ao movimento União Jovem que fez um agradecimento aos vereadores no facebook pelo empenho de conseguir os ônibus para os alunos que estudam no município de Itaperuna.

Ouça abaixo na integra a reunião da Câmara dessa terça dia 09 de abril de 2013