TURISMO:Festival do Vinho de Varre-Sai será incluído no Calendário oficial de eventos do estado do Rio de Janeiro

A 38ª edição do Festival do Vinho de Varre-Sai acontecerá entre os dias 26, 27 e 28 de julho de 2013 e promete agitar o noroeste do estado. O vinho de jabuticaba, fruta abundante na região, é o maior destaque do evento, que ainda apresenta shows d grupos musicais locais e de expressão nacional. Inicialmente, a organização da festa disponibiliza mais de 4.000 ingressos, mas, dependendo da procura, esse número pode aumentar.

Um projeto de lei já em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça da ALERJ propõe incluir no calendário oficial de eventos do estado do Rio de Janeiro o Festival de Vinhos de Varre-Sai, a ser realizado anualmente no município, no último final de semana do mês de julho, como já é tradicional. A iniciativa é do Deputado Jânio Mendes (PDT) que também propôs declarar Varre-Sai a “Capital Estadual do Café”.

O projeto de lei n. 2218/2013 autoriza o poder público estadual a promover em parceria com a Prefeitura Municipal de Varre-Sai, nos termos da n. 5645/2010, a organização do Festival do Vinho  nos seguintes aspectos: realização de shows e apresentações culturais durante o evento; confecção de materiais de promoção e divulgação; divulgação da história do município, bem como a importância da produção do vinho para a região.

Varre-Sai é um município da Microrregião de Itaperuna, na Mesorregião do Noroeste Fluminense, no Estado do Rio de Janeiro, no Brasil. É o município fluminense mais distante da capital. Quarta sede municipal de maior altitude do estado se destaca por ser a maior colônia de descendentes de italianos do estado (compõe mais de setenta por cento da população do município). Além de ser o maior produtor de café do estado, o município também é conhecido pela produção do vinho de jabuticaba. 

O hábito da fabricação do vinho de jabuticaba surgiu devido a abundância desse fruto na região e do conhecimento na produção de vinhos trazidos pelos colonos italianos, que não tendo a uva como matéria-prima, viram na jabuticaba uma forma de preservar suas tradições, o que acabou gerando a criação de diversas adegas, permitindo que várias famílias da região encontrem no vinho de jabuticaba seu principal ganha-pão.

Em 1976 foi realizado o primeiro Festival do Vinho, com o objetivo de arrecadar fundos para o SERRANO FUTEBOL CLUBE (time de futebol local); com o tempo este festival foi ganhando novos contornos e hoje é a principal festa do município.