Claudinei Quirino fala de sua vida para os jovens em Natividade

Na manhã desta quarta-feira(21maio),  esteve em Natividade o atleta velocista, Claudinei Quirino, que veio passar sua experiência de vida. Esta visita é uma parceria da Secretaria de Educação e o SESC Campos.

Conheça  o Prejeto

O projeto “Driblando Barreiras”, busca mostrar aos jovens e adolescentes que é possível vencer na vida através do caminho do bem e do esforço próprio, mesmo diante de situações adversas.

Saiba um pouco mais sobre Claudinei Qurino

 Viveu em um orfanato até os 17 anos, e não fosse o esporte, poderia ter seguido um caminho diferente. Nascido em Lençóis Paulista, ele chegou ao atletismo aos 21 anos, quando foi acompanhar um amigo e o treinador viu que tinha potencial para o esporte.

Até 2005, quando parou de competir aos 34 anos, foram muitas conquistas: ouro nos 200m e no revezamento 4x100m no Pan de Winnipeg (Canadá), em 1999, além de prata no 4x400m e bronze nos 100m. Em 2003, veio o bicampeonato Pan-americano no 4x100m, em Santo Domingo. E a maior de todas: a medalha de prata no revezamento 4x100m nos Jogos de Sydney, com Vicente Lenilson, Edson Luciano e André Domingos.

Claudinei criou o Projeto Talento Olímpico, que leva esporte, em especial o atletismo, para a comunidade em geral, fazendo do esporte um poderoso instrumento de inclusão, socialização e educação civil e ambiental. O projeto atende cerca de 250 crianças e adolescentes.
Hoje Claudinei viaja o Brasil e o mundo levando sua história, motivando a todos a não desistir de seus sonhos, sempre busca a vitória na humildade e honestidade.

Depois de falar sobre a as Olimpíadas de Winninpeg (Canadá), onde um atleta da equipe de ouro dos EUA, foi descoberto que por usar substâncias proibidas para disputar a prova. Sendo assim a equipe Americana será  desclassificada e o Brasil será ouro, Claudinei ressaltou:

"Vale a pena pessoal ser honesto sempre, mesmo que as coisa não deem certo,  leve o com amor e leve uma vida tranquila!"


Veja vídeo sobre o Antigo orfanato que Claudinei  viveu